Quarta-feira, 2 de Janeiro de 2008

Poesia

 

Ser poeta é ser mais alto, é ser maior
Do que os homens! Morder como quem beija!
É ser mendigo e dar como quem seja
Rei do Reino de Áquem e de Além Dor!

Florbela Espanca
 
Para acalmar algum "velho do Restelo" que tema o fim da leitura causado pela Internet, recomendo o site: www.ruadapoesia.com.
 
E aqui vai outro: http://poesiaseprosas.no.sapo.pt, que nos propõe coisinhas tão boas como:
 
A Invisibilidade de Deus

dizem que em sua boca se realiza a flor

outros afirmam:

                      a sua invisibilidade é aparente

mas nunca toquei deus nesta escama de peixe

onde podemos compreender todos os oceanos

nunca tive a visão de sua bondosa mão



o certo

é que por vezes morremos magros até ao osso

sem amparo e sem deus

apenas um rosto muito belo surge etéreo

na vasta insónia que nos isolou do mundo

e sorri

dizendo que nos amou algumas vezes

mas não é o rosto de deus

nem o teu nem aquele outro

que durante anos permaneceu ausente

e o tempo revelou não ser o meu



Al-Berto
O Medo
 
sinto-me:
publicado por bibeavetec às 18:31
link do post | comentar | favorito
|

.Links

.Pesquisar neste blog

 

.Junho 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.Textos recentes

. A Breve Segunda Vida de B...

. Guerra sem Fim

. O Cálice e a Espada, Rian...

. Se isto é um homem

. Dentes de Rato e Os bicho...

. A Mão Direita do Diabo

. Jogo do Anjo

. Eça de Queirós, por Luísa...

. Brisingr

. Auto da Barca do Inferno

.Mais sobre a Biblioteca

.Ligações

Jornal "Oficina das Ideias" AVETEC - Agrupamento Estranhezas e inutilidades - blog de curiosidades inúteis
blogs SAPO

.subscrever feeds