Sexta-feira, 11 de Abril de 2008

VENDEDOR DE PASSADOS, de José Eduardo Agualusa

 

Numa época em que os valores e as heranças culturais vão perdendo o valor, José Eduardo Agualusa propõe-nos algo que parece absurdo, mas que acaba por fazer sentido.

Numa sociedade de novos-ricos, em que todos pretendem ser algo que não são, surge uma nova profissão/actividade económica: vendedor de passados. Há sempre forma de dourar ou enegrecer as tintas da nossa vida passada, consoante as conveniências. Quando isso não chega, compra-se uma vida velha.

Habituados que estamos a pensar em Angola como um país adiado em termos de desenvolvimento, descobrimos vícios comuns entre a "nata social" de Angola e a nossa.

sinto-me: Herdeiro de algum trono
publicado por bibeavetec às 13:08
link do post | comentar | favorito
|

.Links

.Pesquisar neste blog

 

.Junho 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.Textos recentes

. A Breve Segunda Vida de B...

. Guerra sem Fim

. O Cálice e a Espada, Rian...

. Se isto é um homem

. Dentes de Rato e Os bicho...

. A Mão Direita do Diabo

. Jogo do Anjo

. Eça de Queirós, por Luísa...

. Brisingr

. Auto da Barca do Inferno

.Mais sobre a Biblioteca

.Ligações

Jornal "Oficina das Ideias" AVETEC - Agrupamento Estranhezas e inutilidades - blog de curiosidades inúteis
blogs SAPO

.subscrever feeds